Melhores álbuns pop de 2018

O mundo do pop não foi muito bem representado neste ano, mas nem por isto ficamos sem bons álbuns. Neste post vou falar sobre os melhores álbuns pop de 2018, na sequência do menos legal ao melhor do ano. Então, sem delongas, vamo fazendo...

Segue a lista dos melhores álbuns lançados em 2018.


De início, fica logo a informação que álbuns de trilhas sonoras e coletâneas não entram nesta lista. Mas Lady Gaga fez um ótimo trabalho com o soundtrack de A Star is Born (2018) filme conhecido por aqui como Nasce Uma Estrela (2018). Valeu o lembrete!

Cardi B também fez um bom trabalho com o álbum Invasion of Privacity, tanto que ela se tornou de cara uma mega artista pop, mas faltou um pouquinho mais para se considerar um dos melhores álbuns do ano. Porém, mereceu ser cogitada neste post.

Camila - Camilla Cabello



Sei que esse post será duramente hostilizado por que o álbum solo da Camilla Cabello está no fim desta lista. Mas olhem pelo lado positivo, ele entrou neste post graças ao hit Havana. Mas também, do tanto que empurraram essa música em nossa garganta, se ela não movesse o álbum ou nome da ex cantora do Fifth Harmony pra lugar nenhum, vou te dizer...

Fãs ávidos acham que o álbum todo é ruim. Mas ignore-os, estão movidos pelo ritmo havanatanga. A melhor música de Camila, álbum da Cabejo é Havana, mas na carência de álbuns bons, ele acaba sendo elencado para a lista dos melhores. 

High As Hope - Florence and The Machine


Nós achamos que Florence começou bem quando lançou Hunger. De fato ela parecia com fome de lançar um super álbum, mas quando High As Hope foi lançado, cadê a mulher? Morreu de fome! Só pode... Este álbum da Florence and The Machine é morno e bem parado. Não representa o pure pop.

A melhor música dele é Hunger.

Everything is Love - The Carters



Beyoncé hita qualquer coisa né? Até mesmo a carreira nada falida do marido sem sucesso. No álbum Everything is Love Beyoncé e Jay Z trazem músicas bem negras, de boa qualidade até, mas a maioria bem chatinha e bem clichê, que se não fosse dos mesmos, o álbum jamais chegaria a ser sucesso no Brasil. Certamente ele seria isolado nos EUA.

As melhores músicas são: Apeshit e Boss.

Sweetener - Ariana Grande


O mundo pop fez um grande auê por causa dos singles No Tears Left To Cry e God is a Woman quando foram lançados. A audácia e arte de Ariana Grande de fato criou grandes expectativas quanto ao álbum, porém quando Sweetener foi lançado, nós procuramos o fogo e não encontramos. Havia só fumaça. Músicas que pareciam ser recicladas de artistas que não lançaram em suas devidas épocas, como é o caso de Blazed em parceria com Pharrell e The Light is Comming com Nicki Minaj.

As melhores músicas de Sweetener da Ariana Grande é No Tears Left To Cry, God is a Woman e Breathin. Ou seja, os singles.

Muse - The Simulation Theory


Quem diria que Muse apareceria neste blog? Pois apareceu e foi por um excelente trabalho. No caso, o álbum The Simulation Theory, completo de músicas que soam confortavelmente em nossos ouvidos.

As melhores músicas para essa experiência que o álbum se propõe são Algorithm, The Dark Side, Propaganda, Break it to Me, Somehing Human e The Void.

Tranz - Gorillaz


Aposto que você não conhece o álbum Tranz do Gorillaz! Pois saiba que está perdendo um som de qualidade e músicas inéditas. Humility é o carro-chefe do álbum, uma música clean, calma e deixa você sussa. Assim como também tem aqueles tipos de músicas futurísticas. Um prato sonoro cheio para os nossos ouvidos.

Além de Humility, as melhores músicas deste álbum são Tranz, faixa-título, Hollywood em parceria com Snoopy Dogg, Kansas, Sorcorerz e Idaho. A partir de Lake Zurich vem aquele ar futurístico de qualidade, mas são só músicas que convencem e traz este álbum para esta lista dos melhores do ano 2018.

Man Of The Woods - Justin Timberlake



Mais um cantor tirando vaga de diva pop nesta lista. Justin Timberlake fez um ótimo trabalho com Man Of The Woods abrindo com chave mestra o ano de 2018. O álbum é country, mas tem folk, tem soul, tem pop. Vale muito a pena ouvir e entrar na vibe do moço.

As melhores músicas são: Man Of The Woods, Flannel, Montana, Breeze Off The Pound e Livin' Off The Land.

Golden - Kylie Minogue



Foi no início do ano que a Kylie Minogue lançou o esperado Golden, no entanto, ele não brilhou tanto assim como deveria. Ou para um álbum estilo country, talvez ele foi brilhante demais. Golden não é ruim, só é meio chato e as músicas são muito parecidas. Mas comparado a álbuns que não entraram nesta lista, este reina.

As melhores músicas são: Dancing, Stop Me From Falling, Golden, One Last Kiss, Radio On e Music's Too Sad Without You.

Caution - Mariah Carey



Era de se acreditar que Mariah Carey atingisse o ponto auge deste post com seu atual álbum, porém, ela veio tão diferentona e sem wistles, agudos e vocais poderosos que Caution virou só mais um bom álbum lançado neste ano.

As melhores músicas são: GFTO, With You, A No No, The Distance e Giving Me Life. Quase o álbum inteiro... Isso por que só tem 10 faixas.

Não Para Não - Pabllo Vittar



Concorrendo com gente grande, Pabllo Vittar entrou na lista dos melhores álbuns de 2018. O tão esperado segundo álbum da drag cantora brasileira chegou chegando e trouxe um hit após outro. A única crítica fica com o tempo de duração de cada música. Acaba muito rápido.

As melhores músicas são: Buzina, Seu Crime, Problema Seu, Disk Me, No Hablo Español e Miragem. 

Dancing Queen - Cher



A deusa do pop Cher foi outra que botou pra quebrar 2018 em duas bandas ao lançar um álbum repleto de versões de músicas do ABBA. As releituras na voz da Cher ficaram simplesmente tão boas quanto as originais, quissá, melhores...

As melhores são: Dancing Queen, Gimme! Gimme! Gimme! (A Man After a Midnight), SOS, Mamma Mia, Chiquitita, Fernando e The Winner Takes it All. Agora aqui foi quase o álbum inteiro de músicas boas. Ficaram de fora só duas canções. Este álbum é excepcional mesmo.

Liberation


O álbum do ano ficou com Christina Aguilera. Há seis anos sem lançar álbum novo, eis que a demora foi compensada com músicas impecáveis. O único problema de Liberation é que ele é meio despretensioso e trouxe muitos interludes e até eles são bons. O que nos dá a vontade de ter uma música completa de cada um.

Todas as músicas do álbum são boas. Cada um tem seu estilo específico e com certeza, pra quem não é fã da Xtina, irá se identificar com as músicas de Liberation.

Você pode acompanhar análises de todos os álbuns lançados em 2018 nesta lista aqui no blog. É só clicar no botão 'ALBUM' no início do post, ou nesta palavra mesmo.

Espero que 2019 seja melhor que 2018 e que as poderosas venham com gosto de gás em lançar álbuns melhores que a Madonna, que deve lançar álbum próximo ano e com certeza, será o melhor. Duvida?
Se gostou desta publicação e curte os artistas aqui citados, compartilha com seus amigos e segue este blog nas redes sociais. Aqui tem o conteúdo mais pop da internet. Continue acessando!!!

Comenta aí...

Compartilhe

Olha isso...

Anterior
« Mais posts
Proximo
Outros posts »