Volta de Christina Aguilera estremece pop atual

Christina Aguilera voltou mesmo com tudo! Só que dessa vez ela veio bem diferentona, nem aí para estereótipos e padrões de concorrências. Agora, parece que a preocupação da cantora está somente em agradar o público com a veracidade de sua arte, que por sinal, tem chamado atenção e está estremecendo o mundo pop atual.


A volta de Christina Aguilera ao mundo pop tem sido bem avaliada pela crítica, gerado muito buzz, agradado e desagradado muitos. Isso por que desta vez a cantora voltou bem alternativa, com um som diferente do pop que estamos acostumados a ouvir e que a indústria tem vulgarizado com a massificação de uma quantidade de cantoras novas tentando fazer o efeito Britney Spears de sucesso. Ao contrário disto, Xtina veio mostrando que essa tendência de marketing surrado na música ficou para trás, elevando a sua carreira a um novo patamar.

Accelerate veio com uma pegada meio rap e funk, com uma música assimétrica e uma batida meio descompassada, mas harmonicamente precisa. Muitos criticaram sem ter entendido a proposta da música, mas com mais algumas ouvidas, fica fácil aceitá-la e acabar gostando.


Assista o clipe Accelerate da Christina Aguilera aqui no blog!

Twice é mais na dela, mas traz a voz da geração Christina Aguilera fazendo o que sabe de melhor: cantar e encantar seus ouvintes. A música tem coro, vocal suave e range forte, do jeito que amamos.

Fall In Line veio para se tornar hino, principalmente por que une duas grandes divas do mundo pop, juntando duas gerações de fãs que até então tinham pseudo-rivalidades criadas pela competição infindável entre cantoras do mundo pop.


Assista clipe Fall In Line da Christina Aguilera e Demi Lovato aqui no blog e veja a apresentação das duas cantoras no Billboard Music Awards 2018.

Like A Do traz aquela clássica parceria de pop e rap que fala do relacionamento da mina com o cara e que sempre tem uma temática de ostentação. Nesta música a história é outra, ela está por cima e é empoderante. E essa é a ordem da nova Christina Aguilera, que muitos estão intitulando de Maria.

Só abrindo um parênteses: em cada fase da carreira da Christina Aguilera, ela incorporou uma personagem para compor a filosofia do seu álbum e/ou ficou marcada pelos feitos na época. No início, ela era era considerada a Genie, por volta dos anos 2002 no álbum Stripped, Xtina, época de grande importância na carreira da cantora que acabou firmando esta autoimagem até os dias atuais. Em seguida veio a clássica Baby Jane na era Back To Basics, a supersônica Madam X de Bionic, a doce Unbreakable Flower do álbum Lotus e agora a 'santa' Maria. Fecha parênteses!

As novas músicas de Christina Aguilera tem sido elogiadas e criticadas, como já era de se esperar. Ninguém consegue agradar todo o mundo. No entanto, essas críticas sobre a Xtina surgem por conta de comparações com o início da carreira da cantora, em meado dos anos 2000. Nesta época, estava muito comum jovens divas pop cantando sobre temas teens, se apresentando com roupas pouco sensuais e apresentando muito estilo, em seguida ela disputou uma competição de mais sexy com a Britney Spears e acabou ficando despida no álbum Stripped (2002), voltando às origens em Back To Basics (2006), perdendo parte do pudor em Bionic (2010) e tentando se refazer sexy no álbum Lotus (2014) quando praticamente largou tudo de vez.


Quem é fã de verdade da Christina sabe que ela sempre teve uma facilidade de pegar peso e perder facilmente. Sempre que ela está gordinha, ela some e reaparece magérrima. E como toda mulher, ela se importa com a sua própria beleza, porém, analisando a carreira da Xtina desde o início, é notório que o quesito beleza sempre foi trabalhado como fator extra.

Em off: Christina Aguilera gorda canta muito mais. Lembram do tributo ao Michael Jackson quando ela cantou Dirrty Diana? Relembre aqui: Christina Aguilera gorda no tributo a Michael Jackson!

Talento e dom para o canto, Christina Aguilera tem de sobra, mas a indústria é cruel e isso quase sempre não era o suficiente. Prova disso é que a sua considerada arqui-rival Britney Spears - que não tem esses vocais todos - conseguiu durante anos, um estrondoso sucesso. E já agora nesta nova fase, Christina parece ter deixado de se exigir neste quesito para mostrar que a verdadeira beleza vem de dentro, como fez na sessão de fotos para a revista Paper, onde apareceu com rosto limpo.


A nova Christina Aguilera nada mais é do que a mesmo boa e velha Xtina que amamos, só que com um ar mais jovial e com um som inteiramente novo em seu catálogo musical, o que para mundo é uma grande afronta, principalmente para os novinhos do pop.


A volta da Christina Aguilera simplesmente tem estremecido o pop atual pelo fato de ela estar em voga em tudo o que lança, aproveitando essa era dos lançamentos por singles em streamings antes do lançamento do novo álbum, conhecido como Liberation, coisa que ela não teve a oportunidade em anos anteriores com seus álbuns. Boa sorte aos envolvidos, por que se o mundo conhecer a verdadeira Xtina, os novinhos que resistirem ao som da moça, cairão por terra.

Boa ou ruim, essa nova fase da Christina Aguilera está trazendo a ela algo que a diva há tempos não tinha: a devida atenção e espaço na competição pelo pódio pop do ano. Há anos Xtina vem realizando trabalhos esporádicos e nada firme e concreto como lançamento de álbum com vários singles, parceria de sucesso, turnê mundial e tudo que nós, fãs, temos direito. E que seja assim por muito mais tempo por que ela tem talento suficiente para permanecer e se fortalecer em qualquer estilo musical.
Se gostou desta publicação e curte os artistas aqui citados, compartilha com seus amigos e segue este blog nas redes sociais. Aqui tem o conteúdo mais pop da internet. Continue acessando!!!

Comenta aí...

Compartilhe

Olha isso...

Anterior
« Mais posts
Proximo
Outros posts »