O que aconteceu com a mansão Bracho de A Usurpadora

Você sabe o que aconteceu com a mansão Bracho da novela A Usurpadora?


A famosa novela A Usurpadora, repetida no SBT várias vezes se passa em grande parte na mansão Bracho, a casa da família que recebe a Paulina Martins, a usurpadora da maléfica Paola Bracho. Só que além de deslumbrante, a casa da família Bracho carrega uma realidade até certo ponto, assustadora.

Na novela A Usurpadora, a mansão dos Brachos foi cenário de fortes emoções, onde se passavam cenas de brigas, ódio, revolta, intrigas, falsidade entre a vilã Paola e a família do Carlos Daniel, bem como cenas de amizade, amor, afeto entre junto à mocinha Paulina, que interpretava a usurpadora na trama.


Na realidade, a mansão pertencia a família mexicana Atma Aguilar. Ela foi construída na década de 40 em uma das cidades mais nobres do país. Em 1998 teve sua utilização na novela e após o fim do contrato com a Televisa, os proprietários a venderam por R$40mi de reais em 2008. O nome do comprador não foi divulgado.

Após a venda, a família Atma Aguilar saiu da casa com seus pertences e o novo morador não chegou a residir no local, mas até o ano de 2011 o imóvel se manteve em bom estado de conservação, como podemos ver na foto do Google Maps, tirada no endereço real da mansão Bracho.


Sem moradores, sem os cuidados necessário, a mansão Bracho ficou abandonada durante anos e vista como mal assombrada pelos moradores ao redor. A última imagem da mansão foi tirada em 2013.


Há quem afirme que era possível ter visagens de pessoas morando na mansão abandonada, caindo aos pedaços. Muitos relataram ter visto fantasmas na casa, mas nada foi comprovado, claro. Provavelmente nesta época, o proprietário misterioso vendeu o imóvel para uma construtora.

Em 2014 a famosa mansão Bracho foi demolida para a construção de edifícios no local.


Triste fim... 
Se gostou desta publicação e curte os artistas aqui citados, compartilha com seus amigos e segue este blog nas redes sociais. Aqui tem o conteúdo mais pop da internet. Continue acessando!!!

Comenta aí...

Compartilhe

Olha isso...

Anterior
« Mais posts
Proximo
Outros posts »