Crítica de O Caçador e a rainha de gelo

Estreou "O Caçador e a rainha do gelo" e já começaram os burburinhos sobre o resultado do filme que sucede "Branca de Neve e o Caçador".


Não vamos levar em considerações bilheterias por que isso não é indicativo direto de qualidade, mas cá-entre-nós, o filme deixa muito a desejar.

A história é um pouco boba, necessitando de um narrador até mais da metade do filme, e a execução ficou um pouco embaraçosa visto que o contexto acontece antes e depois da história do filme "Branca de Neve e o Caçador".

Em partes o filme perde um pouco de originalidade em momentos que você percebe que houve inspiração em outros grandes títulos, como "Malévola", "As Crônicas de Nárnia", "João e Maria" e até mesmo "Fronzen", por que não tem como não associar a rainha de gelo com a princesa de gelo da Disney. A esperar disto, a direção de Cedric Nicolas-Troyan deveria ter muito cuidado para se sobressair ao grande sucesso infantil.

Quanto aos efeitos especiais, o filme é satisfatório. O que não é aceitável para a indústria do cinema mundial. Por que produzir um filme que você coloca diversos elementos fantásticos e não se aplicar à técnica com excelência, você pode ficar a mercer das comparações com a concorrência. No caso, até a Record faria igual.

A incrível cena da rainha má mostrando seu ódio em "Branca de Neve e o Caçador" caiu no gosto do público e acabou sendo algo esperado também em "O Caçador e a rainha de gelo", no entanto, a cena não teve aquele mesmo impacto, ficando como clichê.  


Fica o destaque principal a atuação da Jessica Chastain como Sara, uma caçadora, treinada para guerras e que tem grande força e inteligência. Ah, e técnica com o arco e flecha. "Ela nunca erra!".


Apesar de existir a história de amor entre os caçadores, o desfecho da história fica entre o amor fraternal da rainha de gelo e da rainha má. Assim como o ápice do filme se encontra no pseudo-confronto entre elas.


"O Caçador e a rainha de gelo" é o tipo de filme que merece nota 10,0, por que trabalha com a fantasia, tem humor, tem romance, tem ação, mas o fim da obra deixou a desejar.

Nota 6,7

Se gostou desta publicação e curte os artistas aqui citados, compartilha com seus amigos e segue este blog nas redes sociais. Aqui tem o conteúdo mais pop da internet. Continue acessando!!!

Comenta aí...

Compartilhe

Olha isso...

Anterior
« Mais posts
Proximo
Outros posts »